A Experiência da Sílvia em S. Vicente

Já se passou algum tempo, mas na verdade é sempre difícil transmitir e definir a grandiosidade de uma experiência de tamanhos sentimentos… Melhor que ler estas palavras, é VIVER e SENTIR a magia de cada momento!

Cabo Verde, ilha de S. Vicente, foi o local que escolhi para plantar a semente do voluntariado. Sem dúvida que cada dia que passa cresce a vontade de estar, sentir e, essencialmente, de voltar.

Não há palavras para descrever o encanto desta ilha, desta cultura e, acima de tudo, dos sorrisos verdadeiros e encantadores destas crianças. Um paraíso onde a gratidão e a humildade vivem em plena harmonia, onde as crianças sonham e onde a felicidade é um modo de vida e não um objetivo.

Estas crianças tornavam os meus dias especiais, pois cada sorriso me encantou e cada abraço me conquistou. Todos os dias eram um novo desafio… poder ajudar, colaborar, ensinar, educar e acima de tudo valorizar os seus saberes e competências.

Todos os voluntários partem com boa vontade, mas com algumas incertezas. Serei capaz? Irei me adaptar? Serei útil? Tantas são as questões que nos invadem o pensamento. Encontrei as minhas respostas no caloroso acolhimento, na simplicidade das pessoas, e em tão poucos dias, acreditem que já nos sentimos “na nossa casa”.

Voltar não foi fácil, não consegui conter as lágrimas porque quando o sentimento é puro, a saudade é verdadeira. Regressei com o coração a transbordar de felicidade, e com uma GRANDE CERTEZA que dei muito pouco para o IMENSO que recebi.

A SAUDADE É IMENSA, mas os bons momentos estão sempre presentes e o que me conforta é a certeza que irei voltar.

Esta experiência tornou-se mágica porque foi vivida e partilhada com pessoas incríveis.

Cabo Verde é AMOR!

S. Vicente para sempre no Coração!