Marracuene, Moçambique 🇲🇿


Onde: Vila de Marracuene, Província de Maputo

Contexto e tarefas: A pacata vila de Marracuene contrasta com a agitação da capital a poucos km de distância. Este centro de atividades é um verdadeiro porto de abrigo para muitas crianças e jovens que sonham com um futuro melhor. Começou como um projeto pequeno, de apoio direto e de emergência para crianças e famílias em situação de vulnerabilidade, pobreza extrema e muitas delas portadoras de HIV. Rapidamente cresceu e, além do acesso a cuidados de saúde, alimentação e higiene, o centro passou também a ser uma casa de sonhos e esperança. Hoje, cerca de 180 crianças e jovens frequentam o centro todos os dias, antes e depois das aulas, para estudar e fazer os trabalhos de casa, brincar, comer, mas também para aprender inglês, artesanato, informática, artes plásticas e outras atividades. O apoio dos voluntários é fundamental para contribuir na educação das crianças e para o desenvolvimento das suas competências e aprendizagens, por isso, a organização procura voluntários para dinamizar ateliers e oficinas de artes, aulas de inglês, francês, espanhol, TIC, trabalhos manuais, desporto, etc. É possível os voluntários proporem e implementarem as suas ideias, já que tanto as crianças como os educadores, gostam de aprender e trabalhar novas áreas. Aos fins-de-semana, os voluntários podem e devem aproveitar para explorar as redondezas, passear à beira rio ou ir até à incrível praia de Macaneta. Vem descobrir a terra da marrabenta e semear esperança no coração destas crianças!

Requisitos: Os voluntários devem ser maiores de 18 anos. Formação na área da educação será valorizada (professores e educadores). Serão também valorizadas competências de gestão, comunicação, ciências e matemática, para o apoio escolar. Outras competências/experiência nas áreas das artes plásticas, trabalhos manuais e desporto serão bem-vindas. Procuramos voluntários dinâmicos e criativos, que gostem de trabalhar com crianças e com abertura para também ajudar em tarefas mais administrativas e de gestão/organização.
Duração: Mínimo 1 mês de compromisso. Os voluntários deverão chegar nos primeiros dias e ficar o mês completo. AINDA TEMOS VAGAS PARA 2021: dezembro; VAGAS PARA 2022 ABERTAS: Todos os meses disponíveis

DEIXA-TE CONQUISTAR PELO TESTEMUNHO:

CUSTOS:
Inscrição e formação pré-partida: 95€ ou 65€ para membros da Comunidade Para Onde?
Alojamento e refeições: Os voluntários ficarão alojados dentro das instalações do centro numa casa destinada para o efeito. Os quartos são partilhados, tem casa-de-banho, cozinha equipada e água quente. É pedido uma contribuição de 90€ para ajudar a suportar as despesas (água, luz e internet) mas que também reverte para um fundo criado para obras de melhoria das infra-estruturas e salas do centro. A organização oferece o pequeno-almoço e o almoço aos voluntários durante a semana, porém, os voluntários também podem confeccionar as suas refeições.
Passaporte e visto: É necessário passaporte com validade mín. de 6 meses à data do regresso. Visto obrigatório: 60€ para 30 dias e deverá ser pedido na Embaixada/Consulado
Seguro: a partir de 65,71€ já com 5% de desconto na IATI Seguros através do nosso link de afiliado. Este valor pode sofrer alterações mediante as coberturas adicionais e época de viagem/compra.
Saúde: Os voluntários devem fazer uma Consulta do Viajante e tomar as vacinas que sejam recomendadas. Temos uma parceria com a Consulta do Viajante Online que garante este serviço por 30€ e pode assegurar o acompanhamento durante todo o período do voluntariado mediante um valor semanal. Também podem optar por este serviço nas instituições de saúde públicas (7€) ou privadas (50€). A par do valor da consulta, os voluntários devem considerar um orçamento para medicação a tomar/levar.
COVID-19: Os passageiros que viagem para Moçambique devem fazer um teste PCR à Covid-19 nas 72h que antecedem o voo com resultado negativo (gratuito se for com receita médica ou a partir de 60€ se for na Cruz Vermelha). O certificado digital de vacinação não substitui a realização do teste PCR na ida. No regresso, os voluntários deverão confirmar com a companhia aérea qual a medida a adotar. Aconselhamos a consulta das informações atualizadas neste site.
Voos e Transportes: Ida e volta Lisboa – Maputo pode ficar entre 500€ e 900€, dependendo da época e da antecedência da compra. Podes consultar os preços em Google Flights e em Skyscanner. A organização disponibiliza o transfer do aeroporto para o projeto por um custo de 60€ que pode ser dividido entre voluntários.

CANDIDATURA: Caso consideres que este é o programa ideal para ti e que tens capacidade para suportar os custos associados, podes avançar com a tua candidatura seguindo os passos indicados aqui.