Ilha do Maio, Cabo Verde 🇨🇻


Onde: Várias comunidades na Ilha do Maio

Contexto e tarefas: O foco desta organização é a preservação e conservação ambiental, com especial enfoque na bioesfera marinha. Para isso, existem dois projetos onde os voluntários podem participar:

Proteção de Tartarugas Marinhas: Para trabalhar com tartarugas, os voluntários precisam apenas de demonstrar uma grande paixão e interesse pela proteção animal e ambiental, bem como não ter medo de pôr as mãos na massa. Neste programa, os voluntários vão patrulhar as praias à noite para garantir a segurança das tartarugas fêmeas e ninhos, monitorizar os ninhos e crias, fazer o levantamento de dados sobre as atividades das tartarugas, introduzir essa informação, fazer a manutenção de equipamentos e promover atividades de sensibilização com as comunidades locais.

Monitorização Marinha: Algumas das atividades dos voluntários neste programa incluem fazer censos de várias espécies e habitats, incluindo cetáceos, tartarugas juvenis, recifes de corais, etc; Registar, introduzir e validar dados, fazer a manutenção do equipamento de snorkeling e mergulho e fazer campanhas de sensibilização das comunidades para temas e problemáticas ambientais.

Vem contribuir para a preservação animal e ambiental nesta ilha onde a vista e perde na extensão de praias de água azul clara, e onde a cultura caboverdiana se vive de perto!

Requisitos: Para o programa de Proteção de Tartarugas, os voluntários devem ter no mínimo 18 anos, enquanto que para o programa de Monitorização Marinha, mínimo 21. No programa de Proteção de Tartarugas, as patrulhas noturnas podem ser desgastantes, por isso, os voluntários devem estar física e emocionalmente preparados. No programa de Monitorização Marinha É necessário que os voluntários saibam nadar perfeitamente e durante bastante tempo, tenham excelente condição física que permita aguentar no mínimo 1 hora de snorkeling. Será dada preferência a voluntários da área da Biologia Marinha e com experiência em mergulho.
Duração:
Proteção de Tartarugas: Mínimo 2 semanasVAGAS PARA 2022 ABERTAS: de julho a outubro
Monitorização Marinha: Mínimo 2 meses VAGAS PARA 2022 ABERTAS: consulta os meses disponíveis diretamente connosco

DEIXA-TE CONQUISTAR PELO TESTEMUNHO:

CUSTOS:
Inscrição e formação pré-partida: 95€ ou 65€ para membros da Comunidade Para Onde?
Alojamento e refeições: Os voluntários ficam hospedados em famílias locais de acolhimento, em várias comunidades e bairros da Ilha. Este projeto também faz parte do objetivo da organização de acolhimento, uma vez que desta forma, os voluntários não só contribuem para a sua renda mensal, como também têm a oportunidade de estar ainda mais próximos da cultura local. O valor inclui alojamento, três refeições por dia e uma taxa de sustentabilidade para o projeto:

Programa Tartarugas: 270€ por 2 semanas / 390€ por 1 mês / 660€ por 2 meses
Programa de Monitorização Marinha: 400€ por mês (inclui também todos os materiais de mergulho e outros equipamentos necessários no programa)

Passaporte e visto: É necessário passaporte com validade mín. de 6 meses à data do regresso. Para Cabo Verde, não é necessário visto, no entanto, é obrigatório um pré-registo online e o pagamento da Taxa de Segurança Aeroportuária (TSA) por um custo de ~30€. Este registo permite a permanência em Cabo Verde por um período de 30 dias. Para estadias superiores a este período, os voluntários têm de pedir a prorrogação localmente (~6€)
Seguro: a partir de 65,71€ já com 5% de desconto na IATI Seguros através do nosso link de afiliado. Este valor pode sofrer alterações mediante as coberturas adicionais e época de viagem/compra.
Saúde: Os voluntários devem fazer uma Consulta do Viajante e tomar as vacinas que sejam recomendadas. Temos uma parceria com a Consulta do Viajante Online que garante este serviço por 30€ e pode assegurar o acompanhamento durante todo o período do voluntariado mediante um valor semanal. Também podem optar por este serviço nas instituições de saúde públicas (7€) ou privadas (50€). A par do valor da consulta, os voluntários devem considerar um orçamento para medicação a tomar/levar.
COVID-19: Os passageiros que viagem para Cabo Verde já podem entrar/sair com o Certificado Digital de Vacinação válido ou um teste rápido (antigénio) realizado nas últimas 48h. Aconselhamos a consulta das informações atualizadas neste site e neste site.
Voos e Transportes: Não há voos diretos para a Ilha do Maio, por isso, recomendamos os voos para a Ilha de Santiago. Ida e volta entre Lisboa – Cidade da Praia (Ilha de Santiago), dependendo da época e antecedência de compra, fica a cerca de 200€-500€ os preços aumentam exponencialmente nos meses de verão, pelo que recomendamos comprar com maior antecedência). Podes consultar os preços mais baratos em Google Flights e em Skyscanner. Atualmente, a forma mais rápida de chegar à Ilha do Maio, é de barco. Aconselhamos a não comprar os voos internacionais sem antes confirmar com a organização os dias em que há ligações inter-ilhas. Os horários dos barcos podem ser consultados aqui. Existe a forte probabilidade de os voluntários terem de pernoitar 1 noite na Cidade da Praia na ida e no regresso.

CANDIDATURA: Caso consideres que este é o programa ideal para ti e que tens capacidade para suportar os custos associados, podes avançar com a tua candidatura seguindo os passos indicados aqui.