A Experiência da Marta no Laos

Phoudingdaeng foi um desafio, quando cheguei, pelo choque cultural, entre mim e quem tem tão pouco, e quando me vim embora, por deixar um bocadinho do meu coração ali. E não há nada melhor do que saber que as vidas que ali habitam vão ter um futuro melhor, vão estar mais educadas, vão estar mais disponíveis para tudo o que o mundo tem para lhes dar, não por minha causa, mas pela continuidade de pessoas que chegam todas as semanas prontas para dar o melhor de si. Vang Vieng muda, não pelo bocadinho do meu coração que ali ficou, mas por todos os corações que já ali passaram. Este é o maior testemunho que posso dar, tudo o que resto seria um clichê. Se imaginarem cada uma destas crianças como uma casa, cada um de nós pode ser mais um tijolo.