Mafalda, São Vicente 🇨🇻

Tenho 52 anos, sou casada e 3 filhos. Sou publicitária, tenho uma vida louca e senti que precisava de uma mudança na vida. Candidatei-me ao programa de São Vicente por não conhecer nada nem ninguém e, em menos de 1 mês, lá estava eu a caminho desta aventura, sem saber o que ia encontrar. 

Foi um mês inesquecível, um privilégio enorme poder estar com aquele povo incrível. Eu a achar que ia dar um pouco de mim e no final fui eu que recebi. Recebi sorrisos e abraços contagiantes. Recebi uma alegria enorme e uma amizade sem fronteiras. Aprendi que os cabo verdianos são um povo que têm pouco mas que dão tanto. E dão nas pequenas coisas da vida: a jogar damas com o Sr. António, a pintar as unhas dos pés da D. Camila, a dar apoio escolar aos adolescentes, a brincar com as crianças ou a conversar com os voluntários locais.

Com eles aprendi a ser melhor, a viver com mais alegria e a ter tempo para os outros. A outra lição que aprendi é que é sempre altura de parar e de mudar. Não podemos achar que somos demasiado velhos ou demasiado novos para o fazer. Apesar de eu ser bastante mais velha do que as restantes voluntárias, elas acolheram-me como amiga e fizeram-me sentir em casa.  Agradeço por isso do fundo do coração às minhas amigas voluntárias que, de uma forma única e especial, me ajudaram a que esta experiência se tornasse inesquecível.

Agradeço também à Rosa e ao Alex de Cabo Verde e a todos os voluntários locais que dão o seu tempo e que nos ajudam a sermos melhores no nosso trabalho de voluntariado.

Já estou em Portugal mas deixei parte do meu coração em São Vicente.

Obrigada Para Onde? e até já. Tenho a certeza que irei voltar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.