Ana Luíza, Tailândia 🇹🇭

Há muito tempo, venho acompanhando a Para Onde procurando um espacinho na minha vida para tirar um tempo e, principalmente, a coragem para se entregar de olhos fechados à uma aventura!

E foi assim; apareceu uma oportunidade e eu me entreguei! Abracei a ideia e fui! E se posso te dizer de imediato: foi incrível! Eu fui ensinar, e no fim, fui eu quem aprendi. 

Eu fui para o sul da Tailândia, em uma pequena cidade, dar aula de inglês para crianças em uma escola comunitária. Um lugarzinho bem simples! Uma escola que beira à precariedade, mas é cheia de amor para dar.

Acordávamos todos os dias de manhã bem cedinho e para já um banho gelado da água que vinha do rio! O dia começava já com várias crianças à porta esperando para dar um ‘good morning teacher’! Antes de entrarmos na sala de aula, já estavam todos com um grande sorriso no rosto! Eu nunca tinha visto um amor e uma vontade tão grande em aprender!

Os primeiros dias foram regados a lágrimas em ver o quão gratos eles eram simplesmente por ter a oportunidade de ter aulas connosco! E quando faltava um professor, as crianças vinham correndo pedir para um de nós dar mais uma aula! Chega a ser lindo de se ver!

Além das crianças, preciso dizer o quanto me apaixonei pelos tailandeses!
Eles não precisam nem saber o seu nome, mesmo assim fazem tudo por você.

Empatia. Amizade. Generosidade. São três características que representam essa cultura tão envolvente. E no futuro, espero que sejamos assim, como os Tailandeses; quem sabe, assim o mundo não seja mais florido!

Em relação à comunidade: era tudo muito simples, mas ao mesmo tempo era mais do que suficiente! E me fez perceber o quanto o simples é bonito. Talvez este tenha sido o meu grande aprendizado. Seja simples! Simplifique! E grandes passos serão dados!

Por fim, eu deixei um grande amor para trás! Uma comunidade que me ergueu valores, me encheu de amor, e me deixou cheia de saudades! Não há um dia em que eu não pense neles! Serei eternamente grata por me ensinarem algo que lugar nenhum me ensinou. Espero que seja sempre assim, simples! Espero que nossa vida seja como Phatthalung! Seja simples, mas seja amor!