Marta, São Vicente 🇨🇻

Lisboa, 1 de Fevereiro de 2020, 07:30.
Uma mala no limite de peso com mais material escolar do que roupa, uma mochila, um par de olheiras ainda não recuperadas de uma época de exames que terminou e um metro e meio de gente pronta para a aventura de uma vida. É assim que começa a história da experiência incrível que vivi durante 1 mês no Mindelo.

Como todos aqueles que procuram o voluntariado internacional, para além da paixão pela missão altruísta e nobre a que me proponha, também eu andava em busca daquela experiência que iria mudar a minha vida e que, de alguma forma mágica, iria indicar-me que direção seguir e como ser mais feliz. Se isso aconteceu? Honestamente, não sei mas muita coisa mudou.

A vida nas terras do Morabeza é simples. Tudo parece encaixar da forma mais certa e, em poucos dias, ir para o voluntariado para darmos o que temos e o que não temos, o que somos e o que não somos, o que conseguimos e o que não conseguimos é aquilo que é natural, que faz sentido e que faz todos os dias serem felizes. Isto porque, mais do que os clichés “abrir os olhos para outra realidade” e “aprender a viver com pouco”, o voluntariado em São Vicente ensinou-me a sentir, a entregar-me, a ouvir, a experienciar integralmente cada momento e a dedicar-me às coisas que me fazem sentir plena, de uma maneira que só uma aventura destas é capaz de ensinar.

Apesar do que a maioria dos testemunhos de voluntariado aparentam mostrar, nem todos os dias vão ser espetaculares. Na verdade, até houve muitos dias em que estive triste e cansada mas a energia dos miúdos e da comunidade tornaram impossível não levantar-me no dia seguinte com um sorriso na cara e com a certeza de que nunca me vou arrepender por ter escolhido fazer isto porque acredito que esta é, verdadeiramente, uma experiência única e inesquecível na sua essência repleta de amor, amizade, paciência, sonhos, lágrimas, muita areia e tinta.

A verdade é que volto para Lisboa tão confusa e perdida como quando parti, mas volto também mais crescida, mais velha, mais morena, mais feliz, mais focada e com a certeza de que quero continuar a tornar o mundo num lugar melhor. Pronta para tudo o que acontecer e pronta para a próxima.