A Experiência da Beatriz na Islândia

Chamo-me Beatriz Vitorino e fiz voluntariado de curta duração na Islândia. Durante o processo pré-viagem fui extremamente bem acompanhada, foram-me esclarecidas todas as dúvidas e houve sempre disponibilidade para que fossem colocadas as mesmas. Foi inclusivamente dado o contacto de outros ex-voluntários para que pudesse contacta-los o que foi muito útil! Integrei um “learning camp” o que se traduz por um campo em que não há trabalho voluntário mas sim aprendizagem sobre um tema e partilha. No meu caso o campo era sobre fotografia e tinha um professor de fotografia Belga que nos lecionava workshops.

Durante o campo de voluntariado devo realçar a oportunidade e preocupação que a associação tem, para com os voluntários, no sentido em que nos são disponibilizadas excursões que podemos integrar para conhecer e explorar a ilha. Poder conhecer a ilha foi de facto importante para poder pôr em prática os conhecimentos adquiridos nos workshops sobre fotografia. Noto que o objetivo da associação é promover a multiculturalidade, no meu projecto estavam envolvidas 12 pessoas de 9 nacionalidade diferentes. Somos incentivados à partilha e tolerância uns com os outros! Durante o campo fui contactada várias vezes pelo “Para Onde?” para que pudesse dar feedback acerca de como estava a progredir a experiência. Fui muito bem acompanhada! Em jeito de balanço final posso dizer que gostei muito e foi um excelente oportunidade de aprendizagem! Aconselho Irem! :D